Voltar para o início do blog

A escolha entre a paletização robótica e a convencional – O que você deveria saber

9 agosto 2016

A escolha entre a paletização robótica e a convencional – O que você deveria saber

Quando toma-se a decisão de automatizar o processo de paletização da planta, estão disponíveis duas categorias de paletizadoras: convencional ou robótica Está hesitando entre estas duas tecnologias? Estas são as diferenças, características e benefícios de ambas, para ajudá-lo a tomar a melhor decisão que satisfaz suas necessidades.

Antes de tomar a última decisão, garanta que você sabe exatamente quais são as suas necessidades. Quantos produtos você precisa manobrar? Qual é a taxa de produção que você pretende alcançar? Isto o ajudará a decidir entre a convencional ou a robótica. No final, você é a pessoa melhor informada para saber o que é necessário para otimizar a sua linha.

Para selecionar a plataforma que esteja melhor adaptada tanto para as necessidades atuais como futuras, é importante considerar 5 cruciais critérios:

Rapidez| Manutenção | Versatilidade | Rastro | Preço


Para ajudá-lo a identificar as características específicas de cada plataforma, aqui temos uma apresentação de cada tipo de paletizadora.


Paletizadoras convencionais=Rapidez

Primeiro vamos dar uma olhada às paletizadoras convencionais, que podem ser divididas em dois subcategorias: baixo nível e alto nível de paletização. Uma paletizadora de baixo nível manobra produtos transportados por esteiras. Esses produtos estão alinhados ou girados de acordo com a configuração das paletes. Então elas são empurradas uma contra a outra para formar uma fila. Essa fila é então empurrada ou levantada por uma ferramenta que coloca os produtos na mesa de formação de acordo com o padrão escolhido.

As filas são formadas uma após a outra até que a camada esteja completa. A mesa de formação, que agora contém uma camada completa de produto, é elevada ou abaixada até que a placa removedora esteja na posição correta para descarregar gentilmente os produtos no palete. Cada camada é criada desta forma até que alcançamos um palete completo. A palete é então deslocada e substituída por uma vazia, começando novamente o processo.



Com as paletizadoras de alto nível, os produtos também são trazidos por uma esteira, mas em vez de elevar ou abaixar cada camada completa para descarregá-la no palete, é o palete que é elevado ou abaixado enquanto as camadas de produto estão fixas. A paletizadora de alto nível pode alcançar velocidades de paletização mais altas e usualmente é escolhida para paletizar produtos que podem ser comprimidos, posto que cada camada é comprimida por todos os lados, incluindo a parte de cima.

Uma vez estabelecidas essas diferenças, estas são as principais características e benefícios da paletizadoras convencionais:

Velocidade : As paletizadoras convencionais têm sido desenvolvidas para se adaptarem a diversas velocidades de produção. Dependendo do modelo, sua velocidade pode variar entre 10 e 40 sacos por minuto, mas pode aumentar consideravelmente de acordo com as unidades que estiverem sendo paletizadas (até 200 caixas por minuto).

Manutenção: Devido ao número de operações mecânicas envolvidas, esta paletizadora precisa de mais cuidados do que uma paletizadora robótica, mas sua manutenção não precisa de um conhecimento especializado maior do que a tradicional mecânica e pneumática.

Versatilidade: As paletizadoras convencionais têm sido desenvolvidas para paletizar um tipo de produto por vez (sacos, caixas ou fardos). Porém, os paletes produzidos são geralmente perfeitos e muito compactos, posto que cada camada é comprimida e quadrada. Com estas características, este tipo de paletizadora pode produzir paletes altamente estáveis.

Rastro: Dadas as suas funções, uma paletizadora convencional é uma peça de equipamento bastante imponente que precisa de espaço considerável, tanto na planta quanto respeito à altura.

Preço: Comparável ao de uma paletizadora robótica.


Paletizadoras robóticas=Versatilidade

Agora, vamos falar sobre paletizadoras robóticas. Obviamente, o elemento chave é um robô capaz de desempenhar de forma autônoma as tarefas designadas por um controlador lógico programável. Outro componente crucial é a garra (ferramenta da ponta do braço) que usualmente é personalizada para manobrar um ou diversos produtos específicos.





Uma paletizadora robótica pode manobrar uma ou diversas unidades por vez, de acordo com a configuração dos paletes, e forma camadas múltiplas em um palete após recolher os produtos desde a esteira. Um dos principais ativos da paletizadora robótica é sua habilidade para despaletizar usando um sistema de visão. Este é um resumo das suas características e benefícios:

Velocidade: Até 40 sacos por minuto, mas uma vez mais, a velocidade de uma paletizadora robótica varia muito dependendo dos produtos que estão sendo manobrados. Por exemplo, pode paletizar até 1.200 latas por minuto.

Manutenção: Menos componentes mecânicos significa muito menos frequência de tempos de parada e confiabilidade superior (o MTBF previsto: 55.000 horas) Porém, os supervisores precisam de treinamento especializado com respeito à manutenção. A Premier Tech oferece este treinamento após a instalação do equipamento.

Versatilidade: Várias garras entregam ao robô grande versatilidade e constituem um dos mais importantes elementos da paletizadora robótica. Estas ferramentas especializadas na ponta do braço podem ser adaptadas para quase todas as necessidades. Desde garras a vácuo, laterais, dedos, magnéticas, elas são desenhadas para manobrar múltiplos tipos de contentores por vez, sem importar sua forma. Também, como é mencionado acima, o robô é capaz de despaletizar diferentes tipos de contêineres. Manobrando alimentação múltipla de diferentes SKUS na mesma linha? Os sistemas de visão podem ser utilizados para enviar informações ao robô para que ele possa recolher e colocar diferentes skus em diferentes paletes.

Rastro: As dimensões do equipamento podem variar dependendo da configuração do sistema, mas a flexibilidade que ele oferece permite a instalação em espaços apertados, ao mesmo tempo que cumpre com os padrões de segurança mais atualizados.

Preço: Comparável ao de uma paletizadora convencional.


Existem muitas vantagens ao escolher uma solução de paletização automatizada. Entre outras, as companhias usualmente preferem este tipo de tecnologia pelo aumento da segurança e custos de trabalho reduzidos que ela traz.

As paletizadoras automáticas continuam provando que são rentáveis para diversas plantas de ensacamento e empacotamento. Sem importar por que você está considerando automatizar seu processo de paletização, uma avaliação minuciosa das suas necessidades será a chave para uma solução adaptada.

Paletização híbrida=o melhor de ambos mundos

E o que acha de combinar as vantagens de uma paletizadora convencional com aquelas de uma paletizadora robótica? Se você está procurando uma solução completa que seja capaz de reduzir a saliência dos sacos na palete, a paletizadora híbrida seria sua melhor opção ao combinar o módulo convencional e o módulo robótico. Este tipo de paletizadora está desenhada para um ensacamento flexível (sacos) que automaticamente posiciona unidades de vários tamanhos na palete. A tecnologia de paletização híbrida oferece um enquadramento consistente e permite padrões de paletização com sobreposição de unidades.


Artigo seguinte