Voltar para o início do blog

5 COISAS QUE VOCÊ DEVE CONSIDERAR AO ESCOLHER UMA ENCAIXOTADORA

20 abril 2018

5 COISAS QUE VOCÊ DEVE CONSIDERAR AO ESCOLHER UMA ENCAIXOTADORA

A encaixotadora certa deve dar a você não só o que deseja, mas o que de fato precisa. Um equipamento que proporcione soluções duradouras que se mantenham em dia com a rápida evolução da indústria. Afinal, nada pior do que ver seu progresso no mercado afetado por um sistema de encaixotamento ineficiente. Lembre-se sempre dessas dicas no momento de escolher. É hora de empacotar!

CONHEÇA A SI MESMO

Você está pronto para a automatização? Para responder essa pergunta, é preciso saber sua taxa de produção, o orçamento e quantos itens diferentes você pretende processar e manter em estoque. Quanto mais informação, mais fácil será adaptar a encaixotadora às suas necessidades. Conhecer suas necessidades ajuda na escolha do equipamento, bem como na manutenção. Sua fábrica funciona 24 horas por dia? A semana toda? Caso a resposta seja sim, é preciso contar com um equipamento confiável e que ofereça assistência técnica 24 horas, 7 dias da semana, em caso de qualquer problema.

CONHEÇA SUA INDÚSTRIA

Essa dica pode parecer ultrapassada, mas ainda é um fator essencial na hora de escolher a tecnologia certa para suas necessidades. Se o crescimento do seu setor está estimado em 3% nos próximos cinco anos, você pode considerar uma opção mais flexível que permita adicionar módulos automatizados à medida que a produção aumentar. O mesmo pode ser feito se você quiser ampliar sua oferta de produtos e precisar de uma encaixotadora para mais de um tipo de embalagem.

CONHEÇA SUAS NECESSIDADES

A maioria das encaixotadoras será projetada sob medida para você  e incluirão uma grande variedade de opções. 

 

Você precisa processar uma grande variedade de itens de estoque? Muitos produtos vêm em tamanhos e tipos de embalagem diversos. Tomemos por exemplo a indústria avícola: um peru não é embalado da mesma forma que um peito de frango. Com a encaixotadora correta, é possível aumentar a produtividade com transições mais rápidas entre os diferentes tipos de embalagem. Com equipamentos que permitem armazenar diferentes configurações de embalagem na memória, as mudanças de embalagem são feitas mais rapidamente e em menos passos. Lembre-se de que os minutos gastos mudando as configurações da máquina poderiam estar sendo usados para embalar mais unidades.

Entre as opções, há também uma encaixotadora com tecnologia line tracking (de acompanhamento) dedicada a rastrear e selecionar produtos aleatoriamente na esteira de entrada e organizá-los em bandejas ou caixas na esteira de saída. Assim, além de ganhar eficiência, você reduzirá a carga de trabalho manual e melhorará a qualidade do emprego dos operadores de máquinas.

Ao investir em equipamentos que protegem seu produto, você aumentará seu retorno financeiro. Produtos defeituosos não atendem as exigências do mercado e terminam afetando o rendimento do seu negócio. As encaixotadoras equipadas com sistemas ópticos de última geração conseguem identificar imperfeições na embalagem e rejeitar produtos inadequados. Ao ser identificado, o produto defeituoso é colocado numa pilha separada, permitindo o descarte de acordo com as normas internas. Isso diminui a quantidade de casos de envio e devolução de produtos com defeito.

Sua embalagem precisa de furos ou picotes abre-fácil? A data de expiração foi impressa e a embalagem está bem lacrada? Essa informação pode ser personalizada e adicionada para atender às exigências da indústria. Se o produto ficar preso na área de fechamento e comprometer a qualidade, a encaixotadora identificará o problema. Um sistema de inspeção de segurança alimentícia não só economizará tempo e dinheiro, mas também ajudará a preservar sua reputação,  especialmente na indústria de alimentos, onde há rigorosos padrões de higiene e segurança. Se o seu produto chegar às prateleiras sem a inspeção adequada, pode-se perder o controle e acabar gerando uma crise. Sua encaixotadora será seu maior aliado na hora de certificar que o produto embalado respeita os requisitos da indústria.

Isso não se aplica apenas à segurança alimentícia, mas à indústria em geral. Um produto sem as perfurações corretas não será exposto facilmente nas prateleiras. Ninguém gosta de ver sua mercadoria parada nas caixas porque não foi devidamente empacotada.

CONHEÇA SEU CLIENTE

Quais são as tendências da sua indústria em termos de embalagem? Por exemplo, se você produz sacos de arroz, talvez seja conveniente ter uma encaixotadora capaz de empilhá-los verticalmente e deixá-los prontos para a prateleira assim que chegarem. Você precisa de flexibilidade e eficiência para mudar de embalagem vertical para a horizontal sem dificuldade.



CONHEÇA SEU FORNECEDOR

A interface homem-máquina (IHM) é a que comanda tudo. Através dela, os trabalhadores se comunicam com a máquina e coordenam as tarefas a serem cumpridas. É preciso planejar quem será o operador da encaixotadora. Será um grupo limitado de pessoas ou várias equipes terão acesso ao equipamento? Uma interface fácil de usar ajudará e economizar tempo e dinheiro. 

A curva de aprendizagem necessária para aprender a operar corretamente os equipamentos automatizados pode ser um desafio. Daí a importância de ter como parceiro um fabricante capaz de oferecer uma capacitação completa à sua equipe e um serviço ao cliente sempre à disposição.

Lembre-se de que a manutenção é um gasto inevitável de qualquer equipamento. Para garantir uma vida longa e funcional à encaixotadora, planeje um cronograma de inspeções técnicas periódicas feitas por um pessoal qualificado. Um tempo de inatividade indesejado afetará a produtividade e custará dinheiro. O apoio de uma equipe técnica totalmente dedicada fará a diferença em caso de imprevistos. A tecnologia atual permite conectar-se ao sistema do equipamento de forma remota e solucionar possíveis problemas. O fornecedor da sua encaixotadora deve estar sempre alerta!

Artigo seguinte