Voltar para o início do blog

As mulheres na indústria de empacotamento

7 março 2016

As mulheres na indústria de empacotamento

Na Premier Tech Chronos (PTC), o espírito de inovação está evolucionando constantemente, nutrido por um princípio de reconhecimento dos talentos e habilidades dentro da organização. A PTC gostaria de focar no pessoal da equipe que está quebrando os limites e demostrando tanto a habilidade para se adaptar como uma paixão pelo seu trabalho diário.





O SEU PLANO DE CARREIRA

Meu gosto pelos negócios se desenvolveu quando eu era muito jovem. Meus pais eram proprietários de hotel e rapidamente aprendemos diversos aspectos importantes sobre fazer negócios. Devido a este legado foi simplesmente natural que eu estudasse Administração de Negócios na universidade. Eu trabalhei por cinco anos em uma empresa de contabilidade e, em 1992, obtive minha certificação CPA. Em 1995, a empresa me deu a tarefa de fazer a auditoria da Premier Tech. Logo de conhecer diversas pessoas da companhia, fui convidada para me unir à equipe da PT. Comecei no escritório corporativo do grupo e logo, passei a formar parte da equipe de tecnologias ambientais, onde trabalhei por sete anos. Logo disto, fui designada à minha posição atual com a Premier Tech Chronos.


O QUE ELA CONSIDERA FUNDAMENTAL EM SUA POSIÇÃO

Meus anos como Auditora me ensinaram que a exaustividade e os princípios são fundamentais para considerar como chefe de administração e finanças de uma organização. Você precisa ser versátil, ter curiosidade e gostar de estar em contato com as pessoas. É muito mais fácil melhorar situações difíceis quando você está mais perto das pessoas e tem um interesse genuíno em seus problemas. Entre os valores de trabalho que eu mais estimo está a importância de manejar cada requerimento como se ele viesse de um cliente e cumprir com as necessidades de cada pessoa da forma mais completa possível.


OS DESAFIOS QUE ELA ENFRENTA DIARIAMENTE

Como a pessoa responsável pelas Finanças e Administração no mundo inteiro, alguns dos maiores desafios se relacionam com as distâncias que nos separam. Requerimentos envolvendo diferentes assuntos, línguas e contextos aparecem desde, virtualmente, cada esquina do mundo. O trabalho envolve muitas viagens e a flexibilidade para lidar com as necessidades urgentes de uma companhia em crescimento. Eu também preciso garantir que nossas ferramentas cumpram com as necessidades dos usuários, contudo, que sejam uniformes para que possamos comparar nossas várias plantas e compartilhar informações. Também existe uma necessidade constante de olhar adiante e projetar-se em direção ao futuro, questionar a mim mesma e olhar às coisas com uma mente aberta. No nível humano, tenho de me adaptar rapidamente à cultura dos muitos países que visito para poder eliminar rapidamente as barreiras culturais. Afinal, somos uma e a mesma equipe.


A DINÂMICA DE TRABALHO EM UM AMBIENTE PREDOMINANTEMENTE MASCULINO

Passei minha infância cercada por garotos. Nunca me senti diferente. Gostava do jeito impetuoso e audacioso deles. Se eu quisesse fazer parte do grupo deles, eu tinha de fazer como eles faziam e superar os meus medos. Este é o tipo de ambiente que eu melhor conheço. Eu gosto da atitude direta e batalhadora dos meus colegas homens. Eu gosto de agir. Eu não coloco nenhuma barreira em meu caminho. 


SUA MAIOR FONTE DE ORGULHO PROFISSIONAL

Tenho certeza de que o que estou fazendo hoje será bom no médio e longo prazo. Nos últimos 20 anos tenho passado por várias fases de crescimento e as ferramentas que usamos têm evolucionado com o tempo. Dou muita importância aos meus colegas, que na sua maioria têm estado aqui desde o começo. Compartilhamos a mesma paixão e visão. Estou orgulhosa do que a equipe da Premier Tech Chronos tem conseguido e estou feliz de ser parte da aventura que compartilhamos todos os dias.




 

O SEU PLANO DE CARREIRA

Eu completei meu bacharelado em Ciências Humanas com especialização em Inglês e logo estudei para obter um mestrado em Inglês. Após a minha graduação ingressei à equipe da Chronos Richardson na Tailândia e trabalhei ali por muitos anos. Desde 2010 sou parte da família mais ampla da PTC, passando desde a posição de Assistente de Vendas até Diretora de Vendas.


O QUE ELA CONSIDERA FUNDAMENTAL EM SUA POSIÇÃO

Respeito e honestidade são os valores que eu prezo e aplico em meu trabalho diário. Como Diretora sinto que é essencial ser responsável pelo meu ambiente, pelas pessoas ao meu redor, pelas tarefas a realizar e pelos passos a seguir para conseguí-lo.


OS DESAFIOS QUE ELA ENFRENTA DIARIAMENTE

Todos os nossos clientes têm necessidades diferentes e isto requer que entendamos suas situações específicas. O desafio é saber como fornecer a eles a solução que se ajusta perfeitamente a essas necessidades. Parte do que faço todo dia na PTC é encontrar a solução correta, para o cliente correto, no tempo correto e na forma correta.


A DINÂMICA DE TRABALHO EM UM AMBIENTE PREDOMINANTEMENTE MASCULINO

Eu penso que é importante criar um ambiente de trabalho saudável, apesar das diferenças de caráter e mentalidade. Você tem de fazer o esforço de entender um ao outro para interagir e para se comprometer porque, no final, estamos todos trabalhando em direção ao mesmo objetivo.


SUA MAIOR FONTE DE ORGULHO PROFISSIONAL

Em geral, estou muito orgulhosa de onde eu tenho chegado profissionalmente, mas minha maior realização é ter ingressado à equipe da PTC na Tailândia e ter conhecido Julian Jones, que foi um diretor maravilhoso. Trabalhar com ele e sua equipe não somente me força a expandir meus limites todos os dias, mas também foi a experiência mais recompensadora que eu alguma vez tenha tido.






SEU PLANO DE CARREIRA

Sempre amei as ciências puras e aplicadas, então a ideia e estudar engenharia, especialmente engenharia mecânica, foi algo natural para mim. Eu comecei trabalhando como Planificadora com um fabricante de semirreboque antes de ingressar à PTC em gestão de qualidade em nossas duas plantas de fabricação em Rivière-du-Loup. Após a Premier Tech adquirir a Chronos Richardson, eu tive uma oportunidade de trabalhar na Alemanha por um ano com a equipe local. Quando voltei ao escritório principal, eu estava ávida para empreender novos desafios na PTC, o que me levou à gestão de projeto.


O QUE ELA CONSIDERA FUNDAMENTAL EM SUA POSIÇÃO

Além de ser versátil e saber como gerir as prioridades enquanto equilibram-se múltiplos projetos ao mesmo tempo, você precisa garantir que os interesses do cliente estão na frente e no centro de todas as suas decisões e ações.


OS DESAFIOS QUE ELA ENFRENTA DIARIAMENTE

A padronização de processos em um contexto em que oferecemos aos nossos clientes soluções personalizadas é um desafio. Isto é especialmente verdade posto que os nossos projetos estão sendo compartilhados cada vez mais entre as nossas equipes ao redor do mundo.


A DINÂMICA DE TRABALHO EM UM AMBIENTE PREDOMINANTEMENTE MASCULINO

Eu quase sempre trabalhei em um ambiente predominantemente masculino, então é difícil para mim fazer qualquer comparação. O desejo de enfrentar os desafios coletivos é um aspeto principal de trabalhar na PTC. Estes desafios estão sendo satisfeitos por equipes interdisciplinares.


SUA MAIOR FONTE DE ORGULHO PROFISSIONAL

Em meus 15 anos com a PTC, tenho visto a companhia evolucionar e crescer ao ponto de se transformar em líder mundial do empacotamento industrial. Estou orgulhosa de ter contribuído ao seu desenvolvimento e continuar a fazê-lo ainda hoje.







SEU PLANO DE CARREIRA

Comecei minha carreira há mais de oito anos atrás após completar meu diploma técnico. Quando eu comecei na PTC, eu achei o trabalho desafiante. E inclusive agora, existem desafios a cada dia em meu trabalho. A PTC oferece uma impressionante variedade de equipamento para satisfazer as necessidades específicas de cada cliente, o que significa que eu nunca deixo de aprender. É este o tipo de versatilidade que eu gosto e que faz com que a companhia seja especial ao meu ver.


O QUE ELA CONSIDERA FUNDAMENTAL EM SUA POSIÇÃO

Você tem de adorar viajar. A cada viagem tenho de me adaptar ao país e, obviamente, às máquinas nas quais tenho que trabalhar de forma completamente autônoma. Uma vez que tenho me adaptado é muito mais fácil resolver os problemas do cliente rapidamente e gerir as crises. Uma das características mais importantes é a diferença entre aquelas pessoas que trabalham duro em alguma coisa que significa pouco para elas, e aquelas que trabalham duro em algo pelo qual elas são apaixonadas. O trabalho é uma paixão para mim.


OS DESAFIOS QUE ELA ENFRENTA DIARIAMENTE

Em um mundo em que o serviço técnico agora é feito diretamente na planta, frequentemente temos somente uma chance para provar a nós mesmos. Isto acontece cada vez que solucionamos um problema para um novo cliente. Meu primeiro desafio foi conseguir este trabalho, que usualmente não é uma escolha muito popular para as mulheres. Aprendo a conviver cada dia com pessoas completamente diferentes. Cada dia traz desafios e eu gosto de provar que posso fazer mais trabalho físico, enquanto administro uma variedade de situações, inclusive se isto significa pedir ajuda aos outros.


A DINÂMICA DE TRABALHO EM UM AMBIENTE PREDOMINANTEMENTE MASCULINO

Quando escolhi esta área eu sabia que ela era predominantemente masculina. Penso que as coisas têm mudado com o tempo. Hoje as mulheres estão integradas na maioria das indústrias. Quando eu comecei a minha carreira era raro ver uma mulher trabalhando na planta. Lembro-me muito bem que eu era a única mulher na indústria do empacotamento por um longo tempo. Quando comecei a viajar aos escritórios descobri outras mulheres fazendo um trabalho excepcional, em engenharia por exemplo.


SUA MAIOR FONTE DE ORGULHO PROFISSIONAL

Minha primeira semana na PTC foi um desafio em si mesma. Eu assinei meu contrato de trabalho na segunda-feira e na quarta-feira meu supervisor me perguntou: “Então Ursula, você sabe tudo sobre a Siemens Step7, certo?” Na sexta-feira eu me encontrava em Byhalia, encarregada de um grupo de engenheiros franceses que a PTC tinha contratado para programar uma linha transportadora operada por mexicanos, que tinha sido integrada em um projeto europeu. Quando o dia passou sem sequer um contratempo, eu soube que este projeto seria meu primeiro sucesso na PTC.







SEU PLANO DE CARREIRA

Eu estudei desenvolvimento de projeto mecânico como parte de um grupo de engenharia mecânica e imediatamente me apaixonei pela disciplina. Após completar meus estudos universitários na minha Espanha natal, eu estava ávida por uma nova experiência e arranjei um estágio na Philips Lighting na Holanda. Naquele tempo a Espanha estava passando por uma importante crise econômica e eu encontrei na Holanda uma oportunidade para trabalhar no campo da engenharia. Logo, tive um emprego na Brabant Engineering e trabalhei ali por mais de quatro anos ao mesmo tempo que realizava estudos à distancia em CAD/ CAM/ CAE. Finalmente ingressei na PTC há quase um ano atrás.


O QUE ELA CONSIDERA FUNDAMENTAL EM SUA POSIÇÃO

Obviamente o conhecimento técnico é essencial na minha área, mas na minha opinião, as qualidades mais importantes nos negócios hoje são as habilidades de trabalhar em equipe, pensamento lógico, solução de problemas, criatividade, ambição e abertura para enfrentar novos desafios, aprender e melhorar a cada dia.


OS DESAFIOS QUE ELA ENFRENTA DIARIAMENTE

Eu sou nova na companhia, então preciso ampliar meu conhecimento sobre a variedade de equipamento que a PTC oferece. Eu deixo um espaço no meu trabalho diário para a aprendizagem expansiva; com isto eu quero dizer, aprender um pouco mais a cada dia.


A DINÂMICA DE TRABALHO EM UM AMBIENTE PREDOMINANTEMENTE MASCULINO

Eu não tenho problemas por estar rodeada de homens no trabalho. Quando eu escolhi estudar engenharia, eu sabia que estaria trabalhando ao lado de homens regularmente, então isto não é nada incomum para mim. Em base à minha experiência pessoal, as mulheres engenheiras estão crescentemente presentes nas companhias e elas estão sendo fortemente motivadas para continuar se integrando nesta indústria.


SUA MAIOR FONTE DE ORGULHO PROFISSIONAL

Superar a barreira linguística foi uma grande fonte de orgulho para mim. Vindo da Espanha, o inglês e o holandês não eram parte das minhas competências linguísticas básicas. Eu também tive de me adaptar à cultura, forma de trabalho e horas totalmente diferentes do que eu estava acostumada no meu país de origem. Estou orgulhosa de quão longe eu tenho chegado mas sei que este é somente o começo.

Artigo seguinte