Voltar para o início do blog

FEITO NA... ÍNDIA

14 abril 2017

FEITO NA... ÍNDIA

Por muitos anos os analistas ficaram de olho na economia da Índia. Com sua população de rápido crescimento e mão-de-obra barata, este país emergente ganhou seu lugar como uma das economias de crescimento mais rápido em todo o mundo. Muitos, de fato, projetam que a Índia irá se transformar na terceira economia mais importante do mundo em 2030, com o Fundo Monetário Internacional prevendo que isto poderia ocorrer antes, em 2019.  Como essas previsões serão confirmadas nos próximos anos? Não é possível saber exatamente, pois existem muitos fatores que influem no futuro do país. Porém, uma coisa é clara, todos os olhos estão postos na Índia. Vamos dar uma olhada mais detalhada para entendermos por que esta nação é um destino atrativo para os investidores, particularmente no setor industrial.

População

Somente a Índia contém quase 18% da população mundial. Seus habitantes foram estimados em mais de 1,3 bilhões de pessoas em 2015, precedida apenas pela China. Considerando que a taxa de natalidade na China é inferior a 0,5% e na Índia é 1,2%, não é de surpresa que a última pudesse ser a nação mais populada do mundo por final de 2025, ano em que os estatísticos prevêm que terá uma população de 1,53 bilhões. Nem toda esta população representa clientes potenciais. O fato de que 65% deles tenha menos de 35 anos de idade indica que tem disponível uma força de trabalho extensa e jovem que se manterá por muitos anos.


A classe média

Com essa demografia jovem, também temos o aumento na quantidade de trabalhadores adultos em cada família e o aumento correspondente no consumo per capita. Isto gera uma classe média crescente.

Embora a classe media na Índia não seja fácil de identificar, o governo indiano confirma que está crescendo rapidamente. Há menos de 30 anos a Índia se enfrentou com grandes desafios econômicos, com menos de 5% de sua população considerada como classe média. Enquanto que ainda há espaço para o crescimento econômico, particularmente em zonas rurais, a porcentagem de população considerada em condição de poder de gasto de classe média agora é quase 25%.


Educação

A educação é um outro fator fundamental da força econômica na Índia. A partir de 2000 o país trabalhou para aumentar a taxa de alfabetização. Este foco em criar uma força de trabalho educada deveria promover o crescimento da classe média. O aumento da educação, junto a uma cultura que valoriza e impulsiona os estudos de engenharia no ensino superior, garante não só uma grande força de trabalho, mas também uma que é altamente treinada. Com grandes investimentos realizados recentemente em infraestrutura e produção industrial, mais trabalhadores capacitados uniram-se as grandes empresas e promoveram a capacidade da empresa indiana de concorrer em uma fase global.


O setor industrial

Os organizadores do Índia Pack, uma das maiores feiras de embalagem internacional informam que “O mercado de processamento de alimentos na Índia é um dos maiores no mundo em termos de produção, consumo e perspectivas de crescimento. ” Evidentemente, este volume de produção e consumo gera uma demanda similarmente ampla de equipamento industrial.

E, com uma classe média crescendo rapidamente, a demanda de bens de consumo aumenta nessa base.  Portanto não deveria nos surpreender que a indústria da comida processada na Índia esteja crescendo a uma taxa de 14% anualmente. Esta fome pela comida processada está levando os produtores de alimentos na Índia a alcançarem altas taxas de produção, e para atingir essas taxas de forma eficiente, as empresas estão implementando a automação. Tendo em vista a exportação de alimentos em nível global, os fabricantes Índios entendem que a automação hoje é uma necessidade básica se eles visarem vencer a concorrência. 


Premier Tech Chronos office in Delhi

O setor de embalagens

O setor de embalagens flexíveis na Índia está se desenvolvendo mais rapidamente do que o setor rígido, que está atualmente em sua fase formativa. Porém, na mesma rapidez com que as crianças crescem, “A indústria de embalagens está pronta para crescer rapidamente, impulsionada pelo uso crescente de equipamentos de embalagens inovadores e o surgimento do mercado de embalagens flexíveis”, prevê a Associação Industrial de Embalagens da Índia. 

Dadas as diferenças mais extremas quanto à desigualdade entre ricos e pobres, a Índia tem alguns desafios potenciais para superar o caminho e se tornar a economia líder no mundo. No entanto, este segundo país mais populado no mundo é considerado de enorme potencial para o sucesso econômico.

Nossa presença na Índia

A Premier Tech Chronos já se estabeleceu na Índia, no momento exato em que o país se transforma em uma potência global, pronta para trabalhar com a grande e crescente força de trabalho do país para atender as necessidades das empresas em uma ampla gama de mercados. Na medida em que o país avança, a nossa equipe estará presente para cobrir a demanda de manufatura. Os indianos estão reformulando a maneira em que o país se desenvolve. Existem mais empresas produtoras em vários setores apontando para os mercados globais e se tornando cada vez mais competitivas.

Com uma de cada seis pessoas no planeta morando na Índia e uma estimativa de 51 novos indianos nascendo a cada minuto, tem disponível uma força de trabalho cada vez melhor capacitada agora e nos próximos anos, e com custo favorável se comparado a outros países. Ainda mais economias irão se acumulando em empresas estrangeiras que estabeleçam suas operações na Índia, pois a taxa do imposto sobre as sociedades para as empresas registradas no país irá diminuir em fases durante os próximos quatro anos, iniciando em ano fiscal 16-17.

Conclusão? A Índia oferece a oportunidade de investimento rentável em diferentes setores da indústria, e com a Premier Tech Chronos já localizada no país e pronta para estabelecer sua operação industrial, a receita crescente de sua empresa está pronta para ser uma realidade na Índia!

Artigo seguinte