Voltar para o início do blog

NOVO EQUIPAMENTO: GUIA DE INICIAÇÃO

14 abril 2017

NOVO EQUIPAMENTO: GUIA DE INICIAÇÃO

Os primeiros meses depois da instalação e comissionamento de um equipamento são críticos. Para garantir uma ótima performance a longo prazo, precisa estar 100% certo de que seu pessoal poderá operar e manter o equipamento de forma apropriada e segura, e que qualquer problema será identificado e resolvido no prazo estabelecido. Em parceria com seu fabricante de equipamento original (OEM), você deveria se focar em dois aspectos-chave: a capacitação do pessoal e a manutenção preventiva, a qual inclui a gestão de peças de reposição.

CAPACITAÇÃO AO PESSOAL

Se você pensa que seus operadores e o pessoal de manutenção precisam de apenas uma semana de treinamento para manusear uma máquina nova, por favor considere o seguinte: Os nossos especialistas de serviço técnico recebem um ano completo de treinamento. Se seu equipamento atual é antigo, espere por uma mudança radical nos requerimentos de segurança, e uma curva de aprendizado muito acentuada.

A quantidade exata de treinamento inicial depende de vários fatores. Seguem algumas perguntas que você deveria se fazer:

Quão confortável/experiente é seu pessoal?

O seu pessoal conhece bem as nossas novas características e procedimentos de segurança?

Esta é sua primeira máquina automática/robótica?

O mais importante, não se esqueça de investir em programas train-the-trainer. Isto normalmente é omitido, mas você precisa de pessoal em terreno para instruir os novos contratados e fornecer capacitação com atualização contínua.

MANUTENÇÃO PREVENTIVA

Cada fábrica deveria ter um programa de manutenção anual. Por quê? Porque irá manter seu equipamento em perfeitas condições para uma ótima performance. A manutenção anual preventiva também reduz o tempo de inatividade – economizando muito tempo e dinheiro.

Certifique-se de verificar os equipamentos muitas vezes por ano, seguir as checklists de manutenção, manter a operação manual do lado do equipamento para melhor referência e sempre tenha um kit de peças de reposição a mão.  (Idealmente, deve comprar um kit de peças de reposição antes da instalação.)

O QUE PODE FAZER SEU OEM POR VOCÊ?

Seu OEM pode ajudá-lo com seu novo equipamento de muitas formas.

Contrato de serviços. Pode marcar visitas de acompanhamento, idealmente antes da instalação. Por exemplo, seu contrato de serviço poderia incluir o seguinte:

1a visita de acompanhamento, 1 mês após a instalação

  • Treinamento para seus turnos de dia e noite sobre procedimentos de operação, manutenção e segurança. O tempo total de treinamento depende da quantidade de máquinas.

2a visita de acompanhamento – (3 meses após a primeira visita)

  • Checagem de equipamento para identificar qualquer quebra ou desgaste excessivo, pois seu pessoal poderia não conhecer a máquina o suficiente para identificar estes problemas nessa etapa.

3a visita de acompanhamento (6 meses após a segunda visita)

  • Treinamento adicional e solução de problemas, conforme o caso.

Help desk. O seu OEM provavelmente forneça a assistência técnica. O pessoal do help desk está aí para você. Se você lhes informar dos problemas apresentados, eles podem auxiliá-lo e enviar seu feedback para a equipe de melhoria de produtos. Eles inclusive podem se conectar ao seu equipmamento remotamente para solucionar problemas.

O time de Serviço ao Cliente do seu OEM está dedicado ao sucesso dos seus clientes. O trabalho deles é simplificar sua vida e ajudá-lo a tomar posse do seu equipamento. Compartilhar informações com esse time e se comprometer ao treinamento e manutenção adequada, será fundamental na medida em que vai se familiarizando com seu novo equipamento.

Artigo seguinte