Voltar para o início do blog

Visão geral da Europa

25 fevereiro 2016

Visão geral da Europa

A indústria de alimentos da Europa evoluciona constante e rapidamente para manter o ritmo com múltiplos fatores econômicos. Uma feroz concorrência entre as companhias de ensacamento e o crescente número de mercados emergentes representam tanto uma oportunidade como uma ameaça para o mercado europeu. Para manter a sua posição no mercado, as companhias precisam desenvolver soluções para otimizar a produção, ao mesmo tempo que diminuir custos exponencialmente.

VOLTANDO-SE PARA A ROBÓTICA

Com a automatização firmemente enraizada no setor de alimentos na Europa, o foco atual agora é a integração da robótica nas linhas de ensacamento em diversos mercados. As companhias alimentícias da Europa estão se voltando para a robótica para lidar com uma gama de produtos cada vez mais diversificados devido a sua flexibilidade na manobra de vários SKUs e formatos. O uso de robôs nos sistemas de ensacamento de fim de linha reduz as perdas causadas pelo tempo de parada do equipamento para trocas, enquanto eficientemente opera com produtos frequentemente complexos e desafiantes.





INDÚSTRIA DE LÁCTEOS

Na indústria de alimentos europeia altamente desafiante, a Premier Tech Chronos (PTC) é empurrada interna e externamente para ser a melhor a cada dia. Levando seu negócio central – a indústria de lácteos – em consideração, a PTC enfrenta os mais altos padrões higiénicos na área. Enquanto muitas companhias viram muitas dificuldades quando tiveram que tomar a decisão sobre a entrada no mercado do leite em pó, a PTC viu uma oportunidade para se tornar a líder do mercado em empacotamento higiênico. E isso é exatamente o que a PTC se tornou quando ela arrancou um surpreendente 60% de todos os projetos de embalagem de leite em pó em grande escala da Europa no ano anterior em que a quota do leite foi levantada. Hoje a PTC enfrenta novos desafios com uma demanda crescente para a robótica em equipamento de ensacamento

O leite em pó é altamente volátil e custoso e as companhias não podem se dar ao luxo de incorrer em perdas ao ensacar o produto. Como desenvolvedor de uma tecnologia de ponta, a PTC é o fornecedor mundial de uma enchedora de baixo para cima que reduz a volatilidade do leite em pó (assim como a de outros produtos em pó) para um mínimo. O sistema de enchimento de baixo para cima inclui uma broca vertical que deposita o produto começando na parte de baixo do saco até a parte de cima. Além disso, ao reduzir as perdas, o enchedor de baixo para cima desenvolvido pela PTC cumpre com os mais exigentes padrões higiênicos da Europa. Todo o equipamento utilizado deve estar desenhado e construído com a finalidade de prevenir a formação de bactérias e deve incluir um sistema de limpeza integrado que facilite a limpeza do equipamento, ao mesmo tempo em que reduz o tempo de parada. No caso de produtos tais como o leite em pó, os engenheiros da PTC fizeram da higiene uma prioridade. Cada detalhe é cuidadosamente analisado em colaboração com os agentes chave de cada mercado, para entender melhor o processo e fornecer equipamento personalizado.



Enchedor de baixo para cima


Outra tendência é a demanda pela tecnologia de baixo para cima em equipamento de alta precisão TFFS (termo moldagem/enchimento/selado). A razão é a demanda crescente para sacos PE feitos de rolos de lâminas.


CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO DE NOVAS PEÇAS

A equipe de serviços ao cliente da Premier Tech Chronos (PTC) na Europa revisou suas prática e processos para encontrar oportunidades de promover uma melhor experiência ao cliente. A PTC decidiu concentrar completamente a logística das peças de reposição em um centro de distribuição principal, localizado no escritório matriz da Europa, em Eersel, Netherlands. Isto significa que todas as peças de reposição armazenadas nos Centros de Serviços ao Cliente locais do Reino Unido, Alemanha, França e Itália têm sido transferidas para o Centro de Serviço ao Cliente da Holanda. Todas as ordens para peças e módulos também virão desde Eersel. Este novo centro de distribuição agora servirá a todos os clientes europeus desde uma posição central na Europa.

A PTC tem investido mais de 1 milhão de euros para que isto possa acontecer, apresentando um novo sistema de ERP completamente integrado com armazenamento moderno e tecnologia de manuseio de bens. Combinado com um melhor controle de inventário desde uma posição centralizada, isto permitirá que PTC faça entregas mais rápidas a um custo mais baixo. A PTC também tem investido nos membros da sua equipe nos escritórios satélites locais, posto que estes funcionários continuarão a dar suporte aos clientes locais com um nível melhorado de atendimento ao cliente e com um rápido tempo de resposta. Ao fazer estes investimentos, a PTC está fornecendo um melhor e mais rápido serviço local, assim também, um acesso mais rápido às peças originais – e tudo isto a um preço mais competitivo. Em conjunto com os engenheiros de serviço locais, esta tem provado ser a melhor forma de oferecer suporte aos clientes.

Artigo seguinte